Paraia Santa Maria

O descontrolo a que se chegou está a afastar clientes das unidades hoteleiras que, depois de serem atacados, regressam aos seus países.

E é conhecido o caso de uma turista sueca que, estando para ficar quatro meses, acabou por encurtar a estadia para 15 dias

Santa Maria, 27 dezembro 2012 – Os cães vadios andam a atacar turistas na praia de Santa Maria (Sal). A denúncia é do operador turístico António Manuel Lobo (Patone), que disse não compreender como é que as autoridades não adotam medidas para pôr cobro a uma situação que está afetar seriamente o turismo.

Patone aponta o exemplo de uma turista que veio para passar quatro meses no hotel Odjo de Água e acabou por ficar apenas 15 dias porque foi atacada por um cão. “Há dias falava com a presidente da associação que protege cães e gatos, e disse-lhe que eles castram esses cães vadios, mas não resolvem o problema porque os animais continuam a deambular e a atacar as pessoas”, revela, avançando com outro caso de um turista que sueco foi mordido por um cão e logo regressou ao seu país.

Ainda no role dos exemplos, aponta também o caso de uma turista que foi atacada na praia por um cão e teve de correr, entrando no mar para se defender.

António Manuel Lobo diz que esses cães defecam nas praias, urinam nas mochilas dos turistas, o que dá uma imagem negativa para o turismo na ilha do Sal. “Creio que o turismo é o sector mais dinâmico da nossa economia, mas se não preservarmos o setor corremos o risco de perder, porque temos concorrentes – e fortes – noutras paragens.

NOTICIA: O LIBERAL ONLINE
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Anti Spam * * Tempo esgotado. Por favor recarregue o CAPCHA.