castigoOs capitães da seleção portuguesa de futebol expressaram a sua solidariedade para com o companheiro e igualmente capitão Raul Meireles, castigado na Turquia com 12 jogos de suspensão.

Meireles foi acusado por um árbitro de o ter apelidado de homossexual através de gestos e de lhe ter cuspido na cara, num jogo frente ao Galatasaray, no passado fim de semana, atos que o jogador desmentiu, mas a Federação turca suspendeu-o por 11 jogos, mais um por ter sido expulso com duplo cartão amarelo no encontro.

Através do Portal do Futebol da Federação Portuguesa, os restantes capitães da seleção emitiram uma declaração conjunta sobre o assunto:

“Os jogadores da seleção nacional afirmam a sua plena convicção de que o caráter do homem, do jogador, do colega e do amigo Raúl Meireles o impede de ter feito aquilo de que foi acusado. Estamos com ele hoje, como estivemos ontem e estaremos amanhã: juntos”, pode ler-se na mensagem, assinada por Cristiano Ronaldo, Pepe e Bruno Alves.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Anti Spam * * Tempo esgotado. Por favor recarregue o CAPCHA.