foto: Rene Priebe / EPA //

Há pelo menos um morto e três pessoas feridas na cidade alemã de Heidelberg, no sul da Alemanha, depois de um carro conduzido por um homem ter entrado numa área pedonal.

 O homem, que estaria presumivelmente armado com uma arma branca, foi travado pela polícia. As forças policiais atiraram contra o suspeito, que ficou ferido, tendo sido detido.

Uma das três pessoas atropeladas morreu, após ter sido internada numa clínica, informou a polícia.

A vítima mortal é um alemão de 73 anos, que tinha ficado gravemente ferido. As outras pessoas, que ficaram ligeiramente feridas, são um austríaco de 31 anos e uma mulher da Bósnia-Herzegovina de 29 anos, que foram assistidos no local.

O condutor da viatura que irrompeu pela zona pedonal é um cidadão alemão de 35 anos que foi operado, depois de ter sido atingido pela polícia no momento da detenção. O suspeito tinha fugido do local a pé com uma faca na mão.

Os motivos deste homem não são claros, mas a polícia alemã descarta, até ao momento, a hipótese de se tratar de um ataque terrorista. As forças policiais acreditam que o homem terá agido sozinho.

Segundo a polícia, o incidente ocorreu às 16:00, quando o homem desviou o carro em direção a um grupo de pessoas que se encontrava junto a uma padaria, na praça Bismarck, à entrada do centro histórico de Heidelberg e muito frequentada aos fins-de-semana.

O diário alemão Bild noticiou que o suspeito sofria de perturbações mentais, mas a polícia não fez qualquer comentário a esse respeito.

Em dezembro, um tunisino requerente de asilo, Anis Amri, lançou um camião sobre uma multidão num mercado de Natal em Berlim, matando 12 pessoas e ferindo 49. O ataque foi na altura reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico.

// Lusa

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Anti Spam * * Tempo esgotado. Por favor recarregue o CAPCHA.