Buenos Aires é uma das cidades mais visitadas da América do Sul e um elo de ligação cultural entre os continentes americano e europeu.

Com mais de 400 anos de existência, a capital argentina é conhecida pela arquitectura com influências europeias, pela intensa vida cultural, e pelo tango.

Para planear a sua viagem para Buenos Aires, deixamos algumas dicas e informações sobre o que ver e fazer nesta cidade argentina.

El Caminito

Bairro La Boca em Buenos Aires

O El Caminito, localizado no bairro de La Boca, é um dos locais mais pitorescos e emblemáticos de Buenos Aires. Esta “rua-museu”, destaca-se pelos conventillos coloridos (casas típicas) e pela Feira de Artistas Plásticos de Caminito que funciona todos os dias das 11h às 18h no Inverno e das 11h às 20h no Verão.

Puerto Madero

Puerto Madero

O antigo porto de Puerto Madero é hoje um dos bairros mais atraentes de Buenos Aires, onde não faltam restaurantes da moda e hotéis de luxo das principais cadeias hoteleiras internacionais.

Puerto Madero foi o principal entreposto comercial até ao inicio do século XX, período em que o porto se tornou obsoleto devido ao aparecimento de navios de maior dimensão. Ao longo de várias décadas esta área da cidade foi-se degradando até que em 1989 o Ministério de Obras e Serviços Públicos, o Departamento do Interior e as autoridades municipais de Buenos Aires acordaram em renovar esta área transformando-a num local de atração comercial, financeira e turística.

O projeto de renovação urbana de Puerto Madero demorou cerca de duas décadas a ser concretizado, sendo hoje um dos melhores exemplos de regeneração urbana a nível mundial. A Puente de la Mujer (Ponte das Mulheres) do arquiteto espanhol Santiago Calatrava é um dos ícones de Puerto Madero.

Café Tortoni

Interior do Café Tortoni

O Café Tortoni é o mais antigo café de Buenos Aires, tendo sido inaugurado em 1858. É um local singular na cidade que foi ponto de encontro de muitas celebridades como Juan Manuel Fangio, Carlos Gardel, Jorge Luis Borges ou Federico Garcia Lorca. O café está localizado na Avenida de Mayo 825, uma das principais artérias da cidade.

Museu Nacional de Bellas Artes

O Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), localizado no bairro Recoleta, é um dos principais espaços culturais de Buenos Aires com 34 salas de exposição e mais de 12 mil obras, entre esculturas, pinturas, gravuras e desenhos de artistas argentinos e europeus. Entre as obras existentes neste museu destacam-se a Cabeça de Fauno de Picasso, a Fiesta popular bajo un puente ó Baile popular de Goya e La nymphe surprise de Manet.

Morada: Av. del Libertador 1473
Horários: De terça a sexta-feira das 11h30 às 19h30 | sábados e domingos das 9h30 às 19h30 | encerra à segunda-feira.
Entrada gratuita | Site: MBA

Teatro Colon

Interior do Teatro Cólon

O Teatro Cólon, inaugurado em 1908 com a ópera Aida de Verdi, é uma das maiores casas de ópera do mundo com cerca de 2500 lugares sentados e 1000 lugares em pé. O edifício possui uma arquitectura ecléctica, tendo beneficiado de diversas remodelações interiores e exteriores, a última das quais teve a duração de 4 anos (2006 a 2010).

O teatro está limitado entre a Avenida 9 de Julho e as ruas Liberdade, Arturo Toscanini e Tucumán. A bilheteira está localizada na rua Tucumán 1171, funcionando de segunda a sábado das 10h às 20 e aos domingos das 10h às 17h.

Obelisco

Com 68 metros de altura, o Obelisco é um dos principais ícones da cidade e um ponto de encontro entre os locais. Este monumento histórico foi construído em 1936 para comemorar o quarto centenário da fundação da cidade, tendo sido projectado por Alberto Prebisch, um dos principais arquitectos do modernismo argentino. O Obelisco está localizado no centro de Buenos Aires, no cruzamento das avenidas Corrientes e 9 de julho, duas das principais artérias da cidade.

Plaza Dorrego em San Telmo

Feira na Plaza Dorrego ao Domingo

Aos domingos não deixe de visitar a feira de San Telmo que tem lugar na Plaza Dorrego e nas ruas adjacentes – uma feira cuja origem remonta ao século XVIII e que é hoje uma das principais atrações turísticas da cidade. Aproveite para deambular pelas ruas, para fazer algumas compras e assistir aos espetáculos de tango na Plaza Dorrego.

Cemiterio Recoleta

Túmulo da família Peron

O Cemitério de Recoleta é uma das atrações turísticas mais visitadas da cidade. Este cemitério foi a última morada de grande parte da elite de Buenos Aires e da Argentina, incluindo os ex-presidentes do país e a famosa Evita, primeira-dama da Argentina quando o general Juan Domingo Perón foi eleito presidente.

O cemitério destaca-se pelos mausoléus grandiosos esculpidos por artistas de renome, sendo que alguns deles foram declarados como monumentos históricos nacionais.

Plaza de Mayo

Casa Rosada

Desde os tempos da revolução, em 1810, que a Plaza de Mayo é o epicentro da vida política e das contestações sociais com manifestações frequentes. Outro dos locais emblemáticos deste local é a Casa Rosada, a sede do poder executivo da Argentina.

10 Saborear as Pizzas de Buenos Aires

Interior da pizaria Guerrin

Não é exagero afirmar que em Buenos Aires vai encontrar algumas das melhores pizas do mundo. Não deixe a cidade sem visitar as famosas pizarias El Cuartito (Talcahuano 937) e Guerrin (Av. Corrientes 1368) e saboreie a tradicional fugazzeta.

11 Assistir a um Espetáculo de Tango

Os espetáculos de tango são outra das grandes atrações de Buenos Aires, sendo que alguns deles também incluem jantar. O Señor Tango (Av. Vieytes, 1655) é um dos espectáculos mais conhecidos, sendo considerado pelos guias de viagem como o melhor espectáculo de tango de Buenos Aires.

Destinos e Viagens //

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Anti Spam * * Tempo esgotado. Por favor recarregue o CAPCHA.