Segundo a publicação moçambicana “País Online”, a Finlândia vai acabar com o apoio ao setor florestal moçambicano, devido ao “uso indevido de fundos”.

Vai também reduzir a ajuda ao Orçamento de Estado de Moçambique, alegando estar “desapontada” com os resultados  empregues no combate à pobreza”, acrescentou o embaixador finlandês.

A decisão foi comunicada em Outubro às autoridades moçambicanas pela ministra para o Desenvolvimento Internacional, Heidi Hautala, durante uma visita a Moçambique.

“No setor florestal, o projeto entre os dois países será interrompido, por ter sido detetado uso indevido de fundos, excepto para a cooperação institucional em pesquisa florestal”, disse o embaixador, com base num comunicado anunciando a medida.

O  diplomata declarou ainda que o executivo finlandês vai diminuir anualmente o apoio ao OE a partir de 2014, para 1 280 500 dólares, devido aos fracos progressos no combate à corrupção e melhoria da governação.

Para o OE deste ano, a Finlândia desembolsou o equivalente a  sete  milhões de dólares, refere a embaixada do país.  “A Finlândia sente que os desvios de fundos podem ter um carácter sistemático e não necessariamente limitado ao mencionado sector florestal. Para a decisão futura, aguardamos pelos resultados da avaliação contínua do orçamento”, enfatizou o diplomata finlandês.

Redação iPressGlobal

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Anti Spam * * Tempo esgotado. Por favor recarregue o CAPCHA.