Opinião Global**Por Dominick George**

Vamos hoje falar de algo que não é muito habitual nos dias que correm já que, se outras razões não houvesse, dada a grave crise em que o País se encontra envolto, parece totalmente despropositado. Imaginem os prezados leitores que o Banco de Portugal, em vez de incentivar a Banca para que passe a colocar à disposição das pequenas empresas, as de médio tamanho ou do cidadão que está com dificuldades em pagar as mensalidades para manter a casa de família, decidiu criar o “Museu do Dinheiro”.

Para tanto adquiriu o edifício de uma antiga igreja e alocou 40 milhões de €uros para levar por diante tal projeto! Embora com receio de ferir a suscetibilidade de alguns, não resisto à tentação de dizer que até parece existir uma certa ligação financeira entre o Banco de Portugal e a Igreja Católica… Estou-me a lembrar do Banco do Vaticano, das fortunas que se arrecadam anualmente  em Fátima ou dos ordenados acumulados por um tal bispo das Forças Armadas, de nome D. Januário Torgal Ferreira, sem que de qualquer destas entidades se vislumbre uma dádiva aos mais carenciados!

Como poderemos pedir aos nossos concidadãos que reajam a atos que os prejudicam, praticados pelo Governo, se não vislumbramos qualquer reação quando confrontados com párocos que mandam sair dos adros das igrejas os pedintes e diatribes semelhantes ou outras (pedofilia, por exemplo), muito piores?

Aqui fica a sugestão para uma sua “Opinião”, prezado Leitor! Fique bem e até para a semana, assim Deus permita!

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Anti Spam * * Tempo esgotado. Por favor recarregue o CAPCHA.