O arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, que faleceu na passada quarta-feira à noite, aos 104 anos, foi enterrado no final da tarde de hoje, após a realização de um culto ecumênico.O enterro foi realizado ao som das músicas “Cidade Maravilhosa”, considerada o hino do Rio de Janeiro, e “Carinhoso”, de Pixinguinha, um dos maiores compositores da música brasileira.

A execução das canções ficou a cargo dos músicos do grupo carnavalesco “Banda de Ipanema”, do qual o arquiteto era patrono desde o carnaval de 2010.

Naquele ano, a “Banda de Ipaenama” adotou como “enredo” para o desfile de carnaval um samba composto por Niemeyer, em parceria com seu enfermeiro, durante um dos seus internamentos.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Anti Spam * * Tempo esgotado. Por favor recarregue o CAPCHA.