MANUEL DE ALMEIDA LUSAO primeiro-ministro dirigiu-se esta sexta-feira a um grupo de manifestantes, sobretudo idosos, que protestavam contra o Governo em frente à Universidade Sénior da Portela, para lhes desejar bom Natal e bom Ano de 2013.

Este grupo de cerca de vinte manifestantes já se encontrava no passeio em frente à Universidade Sénior da Portela de forma ordenada quando Pedro Passos Coelho chegou ao local e aguardaram durante quase duas horas que o primeiro-ministro passasse novamente por eles, no final da visita.

“Os refugiados do concelho de Loures em estão luta” e “A mudança será feita com a luta dos trabalhadores” eram mensagens inscritas nas duas faixas que os manifestantes seguravam.

Também havia cartazes mais pequenos contra as privatizações e a extinção de freguesias e alguns manifestantes gritaram insultos à passagem do primeiro-ministro.

Passos Coelho iria evitar estes manifestantes ao passar de carro mas decidiu percorrer a pé cerca de 20 metros e ir ter com eles antes de deixar o local, um gesto do qual a polícia estava informada ainda durante a visita.

O momento em que o primeiro-ministro falou com os manifestantes foi confuso, com a segurança de Pedro Passos Coelho e o próprio ruído dos protestos a dificultarem que se ouvisse a troca de palavras. Ainda assim, ouviu-se que o primeiro-ministro lhes perguntou como estavam e lhes desejou “um bom Natal e um bom ano de 2013”, regressando em seguida à sua viatura oficial.

NOTÍCIA: AGÊNCIA LUSA
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Anti Spam * * Tempo esgotado. Por favor recarregue o CAPCHA.