O Tribunal de Beja aplicou hoje a prisão preventiva ao suspeito de ter baleado a mulher e o filho, no domingo em Beja, revelou à agência Lusa fonte judicial.

A medida de coação mais gravosa foi decretada, ao final da tarde, por uma juíza de instrução criminal, após várias horas de interrogatório.

O homem, que vai ficar em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Beja, é suspeito de dois crimes de homicídio na forma tentada e de posse de armas proibidas, indicaram fontes policiais.

A mulher, de 45 anos, e o filho, de 15, estão internados em estado grave em hospitais centrais em Lisboa.

NOTICIA AGÊNCIA LUSA
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Anti Spam * * Tempo esgotado. Por favor recarregue o CAPCHA.