Na passada terça-feira, a Câmara Municipal do Porto assinalou, de forma simbólica, a abertura do primeiro mural de arte urbana com carácter permanente na cidade.

Depois do sucesso da exposição Street Art Axa Porto, que decorreu entre os meses de Abril e Junho, a Câmara Municipal abre portas a que a expansão da arte urbana se espalhe pela cidade.

Num convite conjunto da Câmara e do Porto Lazer, Hazul Luzah e MrDheoazul Luzah e MrDheo , aceitaram intervir no local oferecendo a todos os portuenses e visitantes, um exemplo de arte e imaginação.

Se Hazul aproveitou a sua parte da parede para pintar a figura feminina de traços arredondados que já caracteriza a sua intervenção, MrDheo pintou o seu pai com uma lata de tinta na mão e a torre do Clérigos, num misto de homenagem ao homem que marcou a sua vida e a esta nova ligação entre a câmara do Porto e a arte urbana.Mário Tavares - iPressGlobal-14091407

Segundo Hugo Neto, do Porto lazer, este tipo de trabalhos e parcerias vão voltar acontecer na cidade do Porto, não significando isso que haja alteração ao regulamento municipal que obriga à obtenção de uma licença para instalar murais na cidade. No entanto, se as propostas apresentadas pelos artistas, no Porto Lazer, forem consideradas uma mais-valia para a cidade, poderão ser isentas de licença e do pagamento da taxa.

Entretanto decorrem já outras ações deste género na cidade, já há uma parede na Rua da Restauração também destinada a uma pintura, embora sem carácter permanente como a que agora foi “inaugurada”, decorrendo também a inscrição no primeiro mural livre de arte urbana do Porto, o Street Art Porto – caixas EDP, para encontrar propostas de intervenção artística em 15 caixas de distribuição de eletricidade, na Rua das Flores.

Até o final deste ano serão investidos 20 mil euros, em ações do género abrindo-se portas à valorização desta arte na cidade invicta.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto: Mara Pereira / iPressGlobal
Fotografias: Mário Tavares / iPressGlobal
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.