No ano em que se comemoram os 40 anos do 25 Abril, são variadas as iniciativas organizadas para comemorar a liberdade e as oportunidades para refletir sobre o estado da mesma, dada a atual situação do país.

Este ano as comemorações já estão marcadas pela “não autorização” de discurso dos ”Capitães de Abril” na Assembleia da República no âmbito das comemorações desta data memorável. Controversa à parte, por todo o país poder-se-á assistir a uma série de iniciativas que assinalam este dia.

Em Lisboa, no Teatro Nacional D. Maria II assinala-se a data com um congresso que se realizará dia 24 e 25, do qual constarão debates, palestras e reflexão sobre temas, de destacar: Revolução, significado e balanço; Portugal no Mundo, Autonomia e Poder Local, entre outros. A entrada é livre.

No Porto, a comemoração passa pelo Museu Nacional da Imprensa, onde a partir de dia 18 de Abri a até 31 de Maio, estará patente uma exposição intitulada “25 de Abril, 40 anos”, que conta com uma vasta variedade de cartazes, jornais, livros e fotografias referentes a época em questão. Esta exposição será aberta com a Palestra de Vasco Lourenço – Capitão de Abril, que falará sobre o estado do país durante a ditadura.

Na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, decorrerá dia 22 de Abril uma conferência sobre a “Democracia” mais uma pertencente a um ciclo de palestras dedicadas pela instituição à comemoração dos 40 anos do 25 de Abril.

No distrito de Leiria também se comemora a data com uma diversidade de iniciativas, que se iniciarão a 23 de Abril em Alcobaça com uma Sessão Solene comemorativa dos “40 anos de Liberdade”, no auditório do Centro Cultural organizada pela rádio Benedita FM e cooperativa Terra Mágica das Lendas. De referir também a exibição de “A Noite”, no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria.

A sul do país, em Tavira, no Quartel da Atalaia, poderá visitar as exposições “Liberdade e coerência cívica – o exemplo de Ernesto Melo Antunes na história contemporânea portuguesa” e os “40 anos- 25 de Abril”, na Biblioteca Municipal Álvaro de Campos.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.