A Academia Fernanda Ribeiro, cuja porta estará “aberta a qualquer pessoa” que se pretenda inscrever, foi apresentada oficialmente no Fórum da Maia.

Numa cerimónia que contou com as presenças do secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, bem como do presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, a ex-campeã olímpica explicou que, numa primeira fase, o objetivo não passará por “ter uma equipa para competir no campeonato nacional”, mas sim “pôr toda a gente a correr”.

“Qualquer pessoa se pode inscrever nesta academia. A Federação de atletismo só permite que as crianças corram a partir dos sete anos, mas eu não vou proibir ninguém de praticar”, explicou.

A atleta apresentou o seu próprio exemplo como justificação: “Eu, quando comecei a correr, fazia-o com o meu pai, que não sabia nada de atletismo e que me fez cometer alguns erros – dos quais não estou arrependida, porque consegui o que consegui, mas corri uma meia maratona com 11 ou 12 anos, que é uma coisa que não se pode fazer – e por isso é que terei técnicos nos sítios certos para ensinar as crianças a correr”.

Assegurando que não tirará atletas aos clubes, Fernanda Ribeiro admitiu que a abertura de uma academia em seu nome é um sonho concretizado, para o qual, explicou, beneficiará das obras de otimização que ocorrerão na pista do Estádio Municipal José Vieira de Carvalho, na Maia.

Os trabalhos de otimização da infraestrutura, que servirá de casa a este projeto, deverão estar concluídos no final do primeiro trimestre de 2015.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui