O país parou durante esta semana. Parou não para falar das propostas dos vários partidos para as próximas eleições legislativas, que também já ninguém leva muito a sério, nem para se pronunciar sobre candidatos à Presidência da República.

Parou, não para discutir a situação da Grécia, nem para se indignar contra possíveis taxas verdes ou azuis.

O país parou para falar de futebol!

Para falar da pior parte do futebol. A parte da traição, da deslealdade, da ingratidão que rodeia esta fração do mundo desportivo.

O que se passou esta semana no futebol português traduziu uma serie de eventos ingratos que em nada dignificam o “fair play” que este desporto deve representar.

Após a conquista do primeiro título obtido pelo Sporting em 7 anos, o seu Presidente, resolve despedir o treinador responsável pelo acontecimento. Marco Silva fez, com o que era possível, um bom trabalho no Sporting, mas isso não chega para Bruno de Carvalho que entrou numa guerra pessoal contra o seu treinador durante grande parte da época passada. Não conseguiu a solidariedade dos adeptos, que demonstraram sempre o seu apoio a Marco Silva e agora, consegue finalmente ver-se livre dele através de despedimento por “justa causa”, tentando ficar bem na fotografia através da promissora e milagreira contratação de Jorge Jesus.

Ninguém percebe muito bem como é que Bruno Carvalho vai conseguir pagar 6 milhões de euros a um treinador, uma vez que não conseguiu durante toda uma época fazer uma contratação que fosse digna de registo. Já vieram desmentidos que o dinheiro não virá nem de Angola nem da Guiné Conacri, falta então saber e onde virá o dinheiro, possivelmente por mais algum ato de pura magia de alguém com as capacidades de Bruno de Carvalho em fabricar milhões, que como sabemos são o que movimenta o mundo do futebol.

A falta de lealdade para com os clubes, que nunca foi muito levada a sério, perdeu agora completamente o sentido. Numa altura de festa para os dois clubes, a notícia do momento é a traição para com os adeptos e o circo em que se transformou o futebol. Certo é que, conhecendo as duas personagens e a sua ligeireza de língua, a próxima época parece ser prometedora, o verão promete ser quente e aguardemos o desenrolar de toda esta novela que pressagia não ficar por aqui.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.