Cinco golos de vantagem deixam o FC Porto numa posição favorável para seguir em frente na Taça EHF, depois de bater na primeira mão os espanhóis do Ademar León por 29-24

Com um início de jogo equilibrado e de ritmo vivo, os Dragões tentaram assumir a dianteira do marcador, mas os espanhóis anulavam e mantinham sempre empates sucessivos. Ainda assim, a formação espanhola privilegiava o jogo pelos seis metros onde o pivô brasileiro, Leonardo, colocava a cabeça em água aos defensores portistas. Com o aproximar do intervalo o Ademar cresceu no jogo e conseguiu fechar o primeiro a vencer pela margem mínima, 15-16.

O Dragão acordou na segunda parte

O FC Porto precisava de mudar alguma coisa para virar o encontro, e como tal, o técncio Ljubomir Obradovic decidiu lançar o jovem Miguel Martins, acertando em cheio na opção tática.

O jovem Miguel Martins foi fundamental para a recuperação portista no segundo tempo
O jovem Miguel Martins foi fundamental para a recuperação portista no segundo tempo

Com uma entrada demolidadora, os azuis e brancos consumaram a reviravolta no marcador depois de um parcial de 4-0. Com um acerto defensivo irrepreensível, a equipa lusa superiorizou-se de forma natural e não mais deixou de liderar o placard. Com o desenrolar da partida, o resultado foi-se dilatando não obstante a reacção da equipa espanhola que tentava perder por números mínimos.

Os portistas, depois de um excelente segundo tempo, conquistaram uma vitória (29-24) justa por números que dão algum conforto para a deslocação a Leon, para o jogo da segunda mão.

Este slideshow necessita de JavaScript.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.