A França bateu na final a Dinamarca por expressivo 41-32 e conquista pela terceira vez o título de Campeão da Europa. A Espanha venceu a Croácia por tangencial 29-28 e garantiu o terceiro lugar.

Pode dizer-se que, com toda a surpresa, foi um jogo sem história. Não especialmente pelo domínio da França durante toda a partida mas pela forma como esse domínio foi alicerçado. A equipa gaulesa ao intervalo já vencia por 16-23, diante da anfitriã do campeonato e campeã da Europa em título.

O segundo tempo teve uma história semelhante para desgosto da esmagadora maioria dos 14 mil espetadores que enchiam o pavilhão. A 10 minutos do fim a França vencia por 35-25 e foi já numa altura de descompressão que a Dinamarca conseguiu aproximar a distância. Uma reação que lhe valeu apenas isso mesmo, encurtar a distância para o 41-32 final.

No jogo de atribuição dos terceiro e quarto lugares, o equilíbrio foi constante durante toda a partida. Ainda assim, a Espanha dominou e geriu o facto de estar sempre em vantagem,  justificando a conquista do terceiro lugar neste campeonato, após a vitória por 29-28 diante da Croácia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui