Há vários anos que uma simples árvore traz turistas de todas as partes dos Estados Unidos até Greensburg, Indiana. Mas esta não é uma árvore qualquer, na verdade. Situada no topo de um tribunal, a 35 metros do solo, a árvore pode ser vista desde 1870 e a sua estranha presença é motivo de mitos.

Segundo Michelle Hess, que trabalha no Beach Tiki Bar and Grill, mesmo em frente do tribunal, um dos mitos afirma que terá sido um pássaro a trazer a semente da árvore – uma amoreira; o seu colega Scott Anderson, porém, tem outra teoria: o vento levou a semente até ao topo do tribunal.

Mais curioso é o facto de a árvore continuar a subsistir sem solo e água – e a sua longevidade, claro. Ainda que nem tudo seja o que parece – mas já lá vamos.

De acordo com Michelle Hess, a árvore traz milhares de turistas à pequena cidade de 11 mil habitantes, sobretudo aos fins-de-semana. “Já encontrei pessoas que viajam do Alabama a Indiana só para ver a árvore”, explicou ao Inhabitat.

Há muito que os habitantes de Greensburg capitalizam este curioso fenómeno. Para além de se auto-intitularem de “Cidade da Árvore” – Tree City – eles compilaram vários conteúdos sobre a amoreira e a sua história.

É claro que a árvore original, vista pela primeira vez desde 1870, já não existe. Ela morreu e acabou por ser removida em 1888, mas outras duas permaneceram – uma chegou a medir 4,5 metros. Desde então, mais de 12 árvores substituíram a primeira – hoje ela tem um jardineiro só para si.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.