O presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP) disse esta sexta-feira que não vão faltar professores nas escolas, ainda que tenham sido identificados 12.003 que não serão substituídos caso saiam.

Em declarações à Lusa, o dirigente da ANDAEP, Adalmiro Botelho da Fonseca, afirmou que a recolha de informação feita pelos diretores de escolas que concluiu haver 12.003 professores que, se saírem das escolas, não vão ser substituídos, levou a resultados dentro do esperado.

“As escolas não vão ter falta de professores de acordo com aquilo que está estabelecido. Podemos é concordar ou não com estes métodos, concordar ou não com esta maneira, se é assim que se poupa dinheiro e se não haveria outras maneiras de poupar”, disse Adalmiro da Fonseca.

O presidente da ANDAEP lembrou que haveria outras formas de poupar recursos financeiros sem “penalizar tanto” os professores.

NOTICIA LUSA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui