Apesar da lamentável ausência de António Maio, vítima de uma queda quando treinava para a prova organizada pela Escuderia Castelo Branco, a Equipa Yamaha Pinhelworks esteve em excelente plano na Baja TT Idanha-a-Nova que no passado fim-de-semana se disputou na região beirã. sebastian

Nesta que foi a sexta etapa do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, o jovem Sebastian Buhler alcançou o segundo triunfo em outras tantas provas disputadas nesta temporada na Classe TT1, ao qual adicionou a segunda posição da classificação geral, subindo por isso ao pódio absoluto, tal como já este ano tinha acontecido na sua anterior participação na Ferraria.

O campeão TT1 estava muito feliz no final da corrida porque “me deu um enorme prazer regressar às corridas. A equipa disponibilizou-me uma moto muito bem preparada e as pistas eram magníficas. Havia zonas muito rápidas o que tornava impossível acompanhar o ritmo para lutar pela vitória absoluta mas ter terminado em segundo lugar foi muito bom. Na classe TT1 a competitividade é muito grande e por isso a vitória tem outro significado.

Menos feliz foi o campeão nacional da classe TT3 Luís Teixeira que mesmo assim alcançou um excelente 2º lugar na Classe tendo terminado à geral logo atrás de Hélder Rodrigues. “O meu adversário direto estava muito forte. Não tenho tido a possibilidade de treinar tanto quanto gostaria e isso reflete-se numa corrida dura, longa e rápida como esta”.

No final de mais uma corrida Frederico Fino, responsável da equipa Yamaha Pinhelworks não podia deixar de lamentar a ausência de António Maio. “Poderíamos estar agora a festejar um título que o António bem merece, mas vamos ter de aguardar pela Baja de Portalegre. São infelizmente contingências das corridas. Continuamos a acreditar que tudo vai correr bem e rubenvamos trabalhar para isso. Quanto à minha corrida teve duas partes distintas. A primeira muito bem e uma segunda de que não gostei nada, mas continuo à procura de ritmo pois estive este ano muito tempo parado”.

António Maio necessita de apenas 11 pontos para conquistar o título de campeão Nacional absoluta. A Equipa Yamaha Pinhelworks continua também na luta pelo título na classe TT3 onde o atual campeão ocupa o segundo lugar.

A próxima jornada do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno será a mítica Baja 500 Portalegre que se disputa de 22 a 24 de Outubro.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.