O Benfica qualificou-se esta quinta-feira para a final da Liga Europa, ao derrotar em casa o Fenerbahçe, por 3-1, em jogo da segunda mão das meias-finais, e vai defrontar o Chelsea a 15 de maio, em Amesterdão.

 Após a derrota por 1-0 em Istambul, o Benfica igualou a eliminatória no Estádio da Luz, em Lisboa, com um golo do argentino Gaitán (09 minutos), mas o holandês Dirk Kuyt empatou de grande penalidade (26) e colocou a equipa turca de novo na frente. O paraguaio Cardozo, com um golo antes do intervalo (35) e outro na segunda parte, colocou o Benfica na sua nona final europeia.

No Arena de Amesterdão, o Benfica vai enfrentar o Chelsea, campeão europeu em 2012, que na outra meia-final eliminou o Basileia, vencendo hoje em casa, por 3-1, depois de ter ganhado na Suíça, por 2-1. Em Stamford Bridge, Londres, Salah marcou primeiro para o Basileia, antes do intervalo (45+1), mas a equipa inglesa deu a volta com golos de Fernando Torres (50), Moses (52) e David Luiz (59).

O Benfica, campeão europeu em 1962 e 1963, disputa um título continental 23 anos depois da última presença na final da Taça dos Campeões, em 1990, na qual foi derrotado pelo AC Milan, por 1-0.

Depois da presença de FC Porto e Sporting de Braga na final de 2011, que os “dragões” conquistaram com uma vitória por 1-0, a final da Liga Europa volta a ter uma equipa portuguesa.

NOTICIA RTP
FOTO:Miguel A. Lopes
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui