Há 30 anos que o britânico Gordon Hadfield tinha um sonho: voltar a frequentar uma pequena praia perto da sua casa em Swanbridge, Vale of Glamorgan, Inglaterra.

Durante as últimas três décadas, Hadfield viu a praia ser utilizada como lixeira ilegal, sobretudo de objectos de metal e cimento, mas não podia fazer nada para alterar esta situação, uma vez que a praia era propriedade da coroa britânica.

Há dois anos, porém, conseguiu convencer a coroa britânica a vender-lhe a propriedade por apenas €1,2 (R$ 4), garantindo o direito de restituir à praia o seu aspecto original. O primeiro passo foi investir €38.000 (R$ 120 mil) para comprar uma escavadora mecânica que o ajudasse a retirar os pesados resíduos.

Mas o processo não era tão simples, e nos últimos dois anos o investimento deste proprietário de um café – com vista para a praia – ascendeu aos €127.000 (R$ 400 mil). “Não quero colocar um preço no que fiz, mas estou quase a fazer 60 anos e tudo o que quero é ver a praia limpa. Ela foi estragada há 30 anos e desde então que, desde o meu café, vejo o entulho”, explicou à imprensa britânica.

Nas últimas semanas, Hadfield retirou várias toneladas de lixo, que há anos se acumulou no local. “Não iriam acreditar na quantidade de coisas que retirámos. Mas estou muito contente agora – fiz isto tudo pelos meus filhos e netos”, explicou.

Parte dos resíduos foram ali colocados pela própria vila, depois das obras de reforço da parede marítima, em Setembro de 1984. Depois, o local tornou-se em local de romaria para quem se queria livrar de objectos sem valor.

O próximo passo de Hadfield é tornar a praia num local para todas as famílias. Veja algumas fotos do antes e do depois – vai perceber imediatamente quais representam o quê.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.