A Califórnia vai proibir a reprodução e espetáculos de entretenimento com orcas no parque aquático de SeaWorld, em San Diego. A lei entra em vigor no próximo ano.

“É com prazer que anuncio a lei que vai proteger a reprodução das orcas em cativeiro na Califórnia foi assinada”, escreveu, no Twitter, um membro da assembleia californiana.

Very pleased to announce that my law protecting from captive breeding in California was signed by @JerryBrownGovtoday

Segundo a lei, as orcas em cativeiro só podem ser usadas pelas instituições científicas e educacionais para investigação ou reabilitação. Quem não a respeitar, sujeita-se a multas que podem ir até aos 89 mil euros.

Em março deste ano, o responsável do SeaWorld, de San Diego, já tinha anunciado que ia por fim ao programa de reprodução e dos espetáculos de entretenimento destes mamíferos, também conhecidos como “baleias assassinas”.

A Califórnia torna-se, assim, o primeiro estado norte-americano a proibir a reprodução de baleias, assim como mantê-las em cativeiro.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.