Permanência de SC Braga e Rio Ave na Primeira Liga pode estar em risco.

O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol suspendeu todas as competições de futsal até se pronunciar sobre o recurso do AM Portela. O clube lisboeta interpôs um processo para anular a decisão do Conselho de Disciplina que permite ao SC Braga e Rio Ave manterem-se na Primeira Liga de futsal.

Segundo o regulamento da prova, todos os clubes da primeira divisão devem ter escalões de formação nos anos anteriores, situação que não se verificou nem na equipa bracarense, nem nos vila-condenses. Assim, o AM Portela exige a despromoção dos dois clubes tendo em conta as regras do regulamento aprovado em 2013.

A descida de divisão de um dos clubes abriria uma vaga que seria ocupada pelo emblema da Portela. O clube lisboeta ficou em segundo lugar na Série B, lugar que não permite subir de divisão. Contudo, caso o Conselho de Justiça decida a seu favor, o AM Portela garante, juntamente com o Gualtar, segundo classificado da Série A, da segunda divisão, a subida ao primeiro escalão do futsal português.

Na Primeira Liga estão já, vindos da segunda divisão, o Burinhosa e o Unidos Pinheirense. Os dois clubes terminaram em 1º lugar dos respetivos agrupamentos e, segundo os regulamentos, têm a oportunidade de competir no escalão mais alto.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.