Uma casa de banho de uma estação meteorológica remota nas Montanhas de Altai, na região russa da Sibéria, ganhou o “título” de a mais perigosa do mundo. Foi instalada ao lado de um precipício, segundo o jornal “Siberian Times”.

A estação meteorológica de Kara-Tyurek fica no cume de uma montanha a 2.600 metros acima do nível do mar. Os funcionários utilizam o precário recurso higiénico desde 1939.

Uma pesquisa recente elegeu o sanitário das Montanhas de Altai como o localizado no local mais extremo.

O grupo que trabalha na estação é visitado uma vez por mês por um carteiro que recolhe os dados meteorológicos, além de um helicóptero que traz mantimentos, como comida, água e lenha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui