Em entrevista ao The Telegraph Casey  Stoner assinou um contrato de um ano para pilotar um Supercar V8. e conquistar  o Bathurst’s Mount Panorama. O  duas vezes campeão do Mundo de MotoGP fala sem papas na língua dos seus planos para o futuro e claro do MotoGP,

Para acabar com sete meses de especulação, confirmou que vai conduzir um Red Bull-backed Triple Eight Holden in the Dunlop Series . Casey  de 27 anos, e revelou também as razões , porque recusou um  contrato no  MotoGP  de mais de 15 milhões dólares americanos para o próximo ano.

Stoner deu  a  si próprio apenas 1 ano para se encontrar  confortável  nas série  V8 e e no final da época fará o balanço.

Stoner – “É um ano de experiência para ver se gosto do desporto, ia fazer 75 % das corridas, mas  decidi fazê-las todas, quero estar o  tempo necessário no  banco do carro para poder compreender  o que é como pilotar um V8″.

O SONHO V8

Desde os 14 anos que Stoner,  queria pilotar um V8. Esse sonho será realizado  já no próximo dia 28 de fevereiro, na   Clipsal 500,  em Adelaide.

Stoner  – “Tenho interesse pelos V8s à muito tempo…  tinha uns 14 ou 15 anos quando eu decidi que queria guiar um V8 . Tive de adiar essa  intenção, porque estava envolvido com na minha carreira desportiva, mas não esqueci…  quando decidi retirar-me do MotoGP,  não tinha presente nenhum pensamento em voltar a  correr novamente. Queria ter um ano inteiro de férias  e talvez até viajar pelo mundo .”  e continuou  “Pensava em abrandar um pouco  e  ficar mais lento. Mas com o passar do tempo,  comecei a considerar o envolvimento nas V8s série. Tive vários contactos  e finalmente fiz o acordo .”

Stoner poderá fazer  já este ano o Bathurst 1000 – ” duvido que alguém me queira em  Bathurst, mas á partida não descarto esssa possibilidade , Stoner disse com um sorriso.

É o sonho de todo Aussie para conduzir naquela pista.”

Mergulho

Stoner tem dado algumas voltas numa pista particular da Gold Coast, enquanto se prepara para fazer mergulho outro desporto que está a aprender .O resto do tempo passa em simuladores para aprender as pistas onde vai correr.

Stoner“comecei em duas rodas e pouco ou nada tenho feito em  quatro”, disse Stoner. “tenho muito a aprender. Passei toda a minha vida em motas e meu objetivo era ser um campeão de MotoGP. Nunca tive muito tempo nos carros, agora  tenho feito algumas voltas de  no circuito de Paul Morris mas com  carros normais para para ganhar feeling …. mas os carros do dia a dia são muito diferentes dos carros de corrida.

estou a tentar obter um simulador para aprender as pistas, e isso é o máximo que posso fazer realmente. Tive um bom teste no carro. Estive bem, mas isso não significa nada… porque não quero criar expectativas, exceto que quero aproveitar e não ficar muito tenso. ”

As lesões

Casey Stoner tem cicatrizes das batalhas em todo o corpo.

Stoner.Parti o escafoide, que é provavelmente a minha pior lesão os pulsos eo  tornozelo”, disse  “também a  minha clavícula duas vezes num ano. E é tudo sobre ossos…. “ continuou

tive uma forte compressão nas costas quando um piloto perdeu uma mudança e levou-me  para fora da pista e bati nas defesas  e magoei  todos os s ossos à  volta. Tenho uma disco não muito saudável  que me faz alguns estragos. Por  vezes não me posso mexer nem  uma  polegada durante  uma hora ou mais. ”

Stoner também alegou que ele estava constantemente andando com medo.- “Há sempre medo . Ao longo dos anos, eu e  a minha esposa não tínhamos medo ,  por isso não era agradável  andar connosco era assustador. A maioria de nós tem medo e não gosta de falhar.

Ao mesmo tempo, nenhum de nós gosta de perder. Há um equilíbrio que tens de encontrar. Muitas coisas se passam na tua mente, mas tens deaprender a lidar com elas e a superar o teu medo. Isso é metade da batalha “.stoner v8_1

MOTOGP FUTURO

STONER admite que pode um dia voltar para a MotoGP.

É uma hipótese longínqua , mas o maior piloto da Austrália desde que Mick Doohan  deixa a porta entreaberta.

Stoner  – “Não tenho intenção de voltar para o MotoGP”, m as se vir o MotoGP mudar drasticamente, a ponto de me voltar a interessar, é uma possibilidade…. mas da forma como vejo as coisas, não há nenhuma hipótese.”

OS FÃS

É de admirar porque Stoner partiu do MotoGP?  Foi Cuspido, tentaram  empurrá-lo fora da sua scooter e foi  tratado com desrespeito por fãs e funcionários do MotoGP,  quando Stoner disse que iria parar por causa das lesões e da família.

Stoner . “As lesões não têm nada a ver com o facto de me ter retirado., ou mesmo que  queira fazer coisas novas …. a  família também não influenciou … . apenas perdi  o  amor e a paixão pelo MotoGP.  Houve muita  falta de respeito por parte de muitas  pessoas que andam à volta,  e eu não gosto da direção que o MotoGP está a tomar…”

… Fomos cuspidos (pelos fãs), tentaram bater-nos  e tirar-nos fora da scooter quando saiamos da Motorhome para os boxes, …… Infelizmente, não gostaram da minha honestidade no paddock…. Tudo isto faz parte do desporto, mas não é a  direção correta”.

“Perdemos um piloto à dois anos (Marco Simoncelli) e um mês depois, era como se nada tivesse acontecido. Eles querem é ver sopapos e bagunçada,  não percebem  queas nossas vidas estão em jogo…

Os pilotos  tornaram-se nuns  fantoches naquele  mundo que  nada tem a ver com as corridas.”

MA1

Desporto motorizado de duas rodas **Por Mário Andrade e António Vermelho **29/01/2013**
mandrade@ipressglobal.com

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui