Algumas centenas de professores, a maioria contratados, concentraram-se hoje junto da Assembleia da República para protestar contra a prova de acesso à carreira docente.

A manifestação insere-se numa jornada nacional que incluiu ações de protesto em Braga, Coimbra, Santarém e Évora.

“Prova não, respeito sim” e “queremos prova de avaliação para o ministro da Educação” foram algumas das palavras de ordem entoadas pelos professores.

Alguns dos professores exibiam o certificado de habilitações e cartazes alusivos à prova de acesso.

Lusa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui