Cerca de 300 pessoas manifestaram-se este sábado em frente à Direção-Geral de Alimentação e Veterinária para protestar contra o abate de cães à guarda dos canis municipais.

“Evolução, tortura não” foram as palavras de ordem mais ouvidas na manifestação, que integrou bandeiras e faixas do Partido pelos Animais e Pela Natureza, da Associação Animal e da Associação Ecologista e Zoófila de Aljezur, entre outras.

Os manifestantes empunham cartazes a exigir uma nova lei para os animais que estão à guarda dos canis municipais.

“Esterilização sim, abate não” foi outra frase inscrita em cartazes exibidos pelos manifestantes que, do Largo das Belas Artes, em Lisboa, seguirão até ao Ministério da Agricultura, Mar e Ambiente, na Praça do Comércio.

NOTICIA AGÊNCIA LUSA
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui