A equipa do ABC está praticamente apurada para os quartos-de-final da Challenge Cup, depois de garantir em casa uma vitória por números gordos (42-27) diante dos checos Dukla de Praga.

Após uma ausência de quatro anos, a equipa bracarense não podia ter regressado aos palcos europeus de melhor forma. Perante uma equipa muito jovem e que ocupa o segundo lugar no campeonato checo, a turma orientada por Carlos Resende começou por sentir algumas dificuldades na finalização, razão pela qual chegou a estar em desvantagem até meio da primeira parte (7-9). Com o passar dos minutos veio ao de cima a inquestionável qualidade da equipa portuguesa, que após um parcial de 6-1 assumiu a dianteira do marcador. Depois da reviravolta consumada, o caminho para a baliza checa foi uma autêntica auto-estrada, com o ABC a cavar um largo fosso no resultado e a resolver a partida. Ao intervalo a vantagem lusa era já de 9 golos.

No reatar do jogo, a equipa bracarense manteve o ritmo elevado, não permitindo qualquer tipo de resposta da equipa adversária, que cedo desistiu de discutir a vitória. Conscientes que será difícil ganhar fora a um adversário que terá  um pavilhão cheio na segunda mão, o ABC esforçou-se ao máximo para conquistar uma diferença que permita uma viagem tranquila a Praga na próxima semana, o que acabou por acontecer face aos 15 golos de diferença no final.

O resultado de 42-27 espelha bem a diferença de qualidade de ambas as equipas e deixa praticamente carimbado o passaporte para os quartos-de-final da prova.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.