O governo chinês está “muito preocupado” com o aumento de acidentes de trânsito com cidadãos nacionais em viagem no estrangeiro, numa altura em que o país consolida a sua posição como principal país emissor de turistas.

O Centro Consular de Proteção e Assistência da China deu seguimento a 59.000 pedidos de assistência em 2014, mais 40,47% do que em 2013, segundo dados obtidos pelo South China Morning Post e publicados hoje.

Os casos de feridos e mortos em acidentes de trânsito aumentaram nos últimos anos, pelo que o “governo chinês está bastante preocupado com a segurança — especialmente nas estradas – dos chineses que viajavam para o estrangeiro”, disse ao jornal um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês.

Em 2014, os turistas chineses realizaram cerca de 109 milhões de visitas ao estrangeiro, mais 11,22% do que em 2013.

Trata-se de uma subida significativa, comparando com o ano 2000, quando foram efetuadas 10 milhões de viagens ao exterior, indica o jornal.

As autoridades chinesas lançaram uma campanha para promover a segurança rodoviária online e através de aplicações móveis como o WeChat (o WhatsApp chinês) e vão trabalhar em colaboração com as autoridades dos países que recebem mais turistas chineses, refere a agência Efe, ao citar o jornal.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), os acidentes de trânsito são a causa de morte mais comum dos turistas.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.