Fevereiro foi considerado o mês mais chuvoso dos últimos 35 anos, tendo registado temperaturas ligeiramente acima do normal e uma depressão atmosférica que agravou a precipitação.

Contrariamente ao habitualmente registado, este ano o mês mais chuvoso foi o de Fevereiro e não o de Janeiro que a par com o mês de Março são por norma, considerados os mais frios e chuvosos.

Segundo o boletim climatológico mensal emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) o mês de Fevereiro apresentou temperaturas médias normais mas precipitação muito superior ao esperado.

O referido mês registou o valor mensal mais elevado de precipitação dos últimos 35 anos, o valor médio de precipitação rondou os 210mm, o que levou Fevereiro a ser  classificado pelo IPMA como “muito chuvoso”.

Para agravar esta situação Portugal foi atingido por uma depressão, a “Tempestade Stephanie” que originou precipitação forte e vento com rajadas superiores a 100km/h em muitos locais do país, tendo-se registado a queda de granizo e trovoadas.

Como conseguimos apurar em Fevereiro 1979, há precisamente 35 anos atrás, um pouco por todo o mundo e referencialmente em Portugal foi vivenciada uma situação semelhante em termos de precipitação. A Lezíria do Ribatejo sofreu a maior inundação de todos os tempos. Documentos da altura referem acontecimentos climatológicos não esperados para a época do ano, registando-se também precipitação elevada no Rio de Janeiro e neve no Saara. Portugal foi atingido por uma depressão que trouxe quantidade de precipitação excessivas, que foram, tal como este ano, consideradas o reflexo de um fenómeno excecional.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.