O mais longo troço cronometrado do Dakar 2016 todo ele disputado entre os 3.500 e os 4.200 metros de altitude colocou o piloto da Yamaha entre os primeiros da prova passando do 13º lugar que ocupava à partida para esta jornada para a 6ª posição que passou a ocupar na classificação geral.

Gastando 5h57m11s para percorrer os 542 quilómetros da especial cronometrada, que se disputou em torno do Salar de Uyuni, na Bolívia, Hélder Rodrigues conseguiu superar o condicionamento provocado pela gripe que o acompanha desde o início do rali e depois do 7º tempo alcançado na etapa de ontem, realizou hoje a sua melhor prestação em etapas do Dakar 2016, sendo o 5º classificado.HR5

“Foi uma etapa dura, muito longa mas muito interessante. Foi uma  especial muito variada teve zonas de navegação, zonas rápidas, teve um pouco de tudo. Apesar da gripe aguentei bem a dureza da etapa. Ataquei um pouco mais hoje: é meu objetivo manter-me junto da liderança da prova antes de se iniciar a segunda parte do rali que será difícil e decisiva. O resultado é bom mas sei que posso fazer melhor”.

Amanhã o rali regressa à Argentina e Hélder Rodrigues aos comandos da sua Yamaha WR450 Rally terá pela frente um derradeiro setor seletivo com 353 quilómetros antes de chegar a Salta onde a caravana do Dakar vai ter um merecido dia de descanso.

Veja o vídeo 2016 Dakar Rally Has Kicked Off: https://www.youtube.com/watch?v=031XrFVOv5Y

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.