O dia de hoje tinha tudo para Hélder Rodrigues reentrar na luta pelas primeiras posições deste Dakar 2015. Ainda a recuperar de uma gripe que o afectou nos primeiros dias de corrida, Hélder Rodrigues arrancou muito forte e cedo passou cinco pilotos que partiram para a etapa à sua frente. Helder 4Uma avaria, que se verificou quando o piloto se preparava para sair do reabastecimento, acabou por o obrigar a perder cerca de vinte minutos, tempo que lhe teria permitido subir hoje ao terceiro lugar da classiifcação geral e até eventualmente ter ganho a etapa.

Mau grado esta avaria, o piloto oficial da Honda realizou o 2º melhor tempo entre o reabastecimento e o final de uma etapa onde Hélder Rodrigues acabou por não ir além do 17º tempo, a 20m31 de Joan Barreda, o vencedor do dia e com isso acabou por descer para o 10º lugar da geral.

Hoje foi um dia muito bonito, com pistas bastante boas, pedra e areia no final. Um dia de corrida a sério. Eu ataquei forte desde o início mas no reabastecimentoa a minha moto não voltou a arrancar. Tinha um cabo que o mecânico não conectou bem e a moto não trabalhava. Tentei reparar e estive cerca de vinte minutos até conseguir reparar. Depois dei o meu melhor até ao fim e acho que fiz uma boa corrida. Foi pena isto que aconteceu porque a moto portou-se muito bem”, salientou Hélder Rodrigues piloto oficial da Honda, apoiado pela MEO e Red Bull.

A não perder as  reportagens da prova mais dura do mundo todos os dias no Eurosport pelas 22h.

Mais informações sobre a prova em: www.dakar.com

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.