Stéphane Peterhansel aumentou sua vantagem no carro para mais de 17 minutos na Arábia Saudita, mas o bicampeão Toby Price está fora da corrida depois de cair na primeira metade da Etapa.

Aqui está tudo o que precisa saber da Etapa 9:

– Peterhansel consolidou a sua aposta na 14ª vitória e recorde do Rally Dakar na etapa de 465 km entre Bivouac de Neom, ao ganhar mais 12 minutos ao seu principal rival Nasser Al-Attiyah.

– O francês, que disputou pela primeira vez o Dakar em 1988 numa moto Yamaha, usou a sua experiência e astucia  nesta etapa de alta velocidade,  para ganhar uma boa vantagem sobre o tricampeão de automóveis Al-Attiyah, quando faltam três etapas para terminar depois de três furos que  limitaram  o progresso do piloto do Qatar.

– O campeão de 2009 Giniel De Villiers terminou em terceiro no dia, com o francês Cyril Despres em sétimo, o rei Carlos Sainz em 10º e o polaco Jakub Przygoński em 15º.

Stéphane Peterhansel (FRA) X-Raid Mini: “Sabíamos que ia ser um dia longo, assim decidimos que da parte da manhã não iríamos atacar a fundo. Queríamos controlar os pneus e fazer uma boa navegação. Ultrapassamos Carlos e Nasser . Foi mais uma questão de estratégia do que de velocidade. Parabéns ao meu navegador Edouard (Boulanger) que fez um ótimo trabalho.

Cyril Despres: “Foi um dia difícil. 465km de pedras e leitos de rios, com uma paisagem incrível. Tivemos um furo  a poucos quilómetros da chegada, mas conseguimos chegar.”

– Nas motos, o australiano Price caiu ao km 155 da etapa, deixando-o fora da corrida.

– Sunderland, o outro motard da Red Bull KTM Factory Racing, ficou com seu companheiro de equipa durante 15 minutos até Price ser levado de helicóptero para o hospital. Teve depois um acidente do qual resultou a quebra do seu roadbook, que o impediu de navegar corretamente. Ainda assim terminou em quarto lugar.

– Sunderland continua em terceiro lugar na classificação geral – 14m34s atrás do líder chileno Jose Ignacio Cornejo Florimo.

Sam Sunderland (GBR) Red Bull KTM: “Vi o meu amigo Toby deitado no leito de um rio com (Ricky) Brabec junto dele. Fui até lá para ajudar a soltar o ar do airbag. Depois disso, tentei baixar a cabeça e concentra-me no roadbook,  cerca de 100km mais tarde, bati numa pedra. Infelizmente parti o roadbook e todo o GPS, assim tive que seguir na poeira dos outros pilotos durante o resto do dia, o que foi bastante assustador. “

– O chileno Chaleco López conquistou a vitória nos Lightweight Vehicles e recuperou a liderança geral da categoria. No entanto, o mais jovem vencedor de etapas do Dakar – o rookie Seth Quintero – viu suas esperanças por um pódio se dissiparem quando seu OT3 parou.

– A espanhola Cristina Gutiérrez, Red Bull Off-Road Junior Team de Quintero, impressionou no  seu regresso ao rally depois de reentrar nas regras do Dakar Experience.

– O russo Dmitry Sotnikov tem uma vantagem de 45 minutos na corrida de camiões com o Team Kamaz Master a ocupar as três posições do pódio na classificação geral.

– O vice-líder da equipa e múltiplo campeão no Dakar, Eduard Nikolaev: “Estamos felizes que todos voltaram ao acampamento com um bom resultado.”

– Quarta-feira traz a caravana do Dakar para Al Ula através de uma etapa especial cronometrada de 342 km em paisagens maravilhosas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui