Em moldes semelhantes a uma verdadeira campanha eleitoral, com manifestações de rua e comícios, o Partido Comunista vai pôr em marcha um movimento a favor da saída de Portugal da Zona Euro e da renegociação da dívida.

Esta iniciativa do PCP, divulgada pelo Público, prevê a distribuição de folhetos, a colocação de outdoors e de cartazes e a realização de sessões de debate em empresas e universidades por todo o país.

Prevê-se igualmente o agendamento de manifestações nas ruas e de comícios, bem como a apresentação de iniciativas legislativas na Assembleia da República e no Parlamento Europeu, conforme revela ao jornal o membro da Comissão Política do Comité Central do PCP, Vasco Cardoso.

Este elemento nota que não há uma data concreta para o arranque da campanha, mas refere que as preparações vão começar já neste mês de Janeiro.

“O PCP vai insistir na necessidade da realização de uma conferência intergovernamental sobre a renegociação da dívida pública e na consignação, no orçamento europeu, de uma compensação para os Estados-membros que queiram sair do Euro por comprovadamente a moeda única lhes ter trazido consequências negativas”, refere.

Depois do referendo de 23 de Junho que ditou a saída do Reino Unido da Zona Euro – o chamado Brexit -, fala-se de uma onda anti-Europa. Mas os comunistas garantem que esta campanha pelo Portugexit não visa aproveitar esse descontentamento com as políticas da União Europeia.

ZAP //

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui