Seis anos após a morte de Carlos Castro às mãos de Renato Seabra, o advogado que defende o modelo intervém junto da justiça, pedindo a deportação do homem de 26 anos para Portugal.

Segundo notícias recentes, avançadas este sábado pelo Correio da Manhã, Renato Seabra pode ser deportado dos Estados Unidos da América em breve e terminar de cumprir a pena em Portugal.

O Advogado de Renato estará, segundo fontes familiares, a preparar o pedido de deportação. No entanto, a espera por uma decisão da justiça, no âmbito do processo, e sobre a qual pediram recurso, poderá atrasar o pedido.

Este parece ser o momento oportuno para efetuar de novo o pedido de  repatriamento ao tribunal dos Estados Unidos, uma vez que as convicções políticas de Donald Trump estão a favor da situação. O governo atual defende que não é viável gastar quase 100mil dólares por ano, com um preso que pode  cumprir pena no seu país de origem.

O tempo a que foi condenado está longe de estar completo, Renato Seabra, jovem manequim de 26 anos está a cumprir pena em Nova Iorque pelo assassinato de Carlos Castro, o caso deu que falar na altura, e apesar da vontade da família de conseguir uma autorização para deportação, pós o julgamento, a mesma não aconteceu até hoje.

/ iPG

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.