A diversidade paisagística e localização geográfica privilegiada entre o Oceano Atlântico e o Mar Mediterrâneo fazem de Marrocos um destino único, onde é possível encontrar desertos de perder de vista, cordilheiras montanhosas, planícies férteis e praias de areia dourada.

Neste destino, vai ainda encontrar povoações e cidades históricas, que conservam tradições milenares, e um património histórico e cultural com influências berberes e europeias.

Para visitar Marrocos, apresentamos uma lista de 10 locais que vale a pena inclui no seu roteiro de viagem.

Medina de Marraquexe

Mesquita Koutobia em Marraquexe

A cidade de Marraquexe é um dos mais importantes centros culturais do país. A praça Djemaa el Fna é o coração da cidade e um dos locais mais pitorescos de Marrocos. Neste local, vai encontrar malabaristas, contadores de histórias, encantadores de serpentes, acrobatas, músicos, entre muitos outros artistas. A praça Djemaa el Fna é um espaço único que foi declarado Património Oral da Humanidade pela UNESCO em 2001.

Em Marraquexe, não deixe ainda de visitar a Medina, com as suas ruas labirínticas onde é quase impossível não se perder, a Madraça Bem Youssef, os Túmulos Saadianos e a Mesquita Koutobia.

Ouarzazate

A cidade de Ouarzazate situa-se na região sul do país, a cerca de 1100 metros de altitude, e foi um importante local de passagem das caravanas que percorriam a rota entre o deserto do Saara e Marraquexe. Ouarzazate é também um dos pontos de partida para explorar o vale do Draa e o deserto, bem como a cidade fortificada de Ait Ben Haddou.

Ait Ben Haddou

Ait Ben Haddou

A cidade fortificada de Ait Ben Haddou, declarada Património da Humanidade pela Unesco em 1987, está situada na região de Souss-Massa-Draa, a cerca de 2 horas de Ouarzazate. A cidade é constituída por diversas fortalezas, conhecidas localmente como kasbahs, cujas origens remontam ao século VIII.

Medina Antiga de Fes

Medina

A cidade histórica de Fes, considerada a capital cultural e espiritual de Marrocos, foi fundada no século IX, tendo sido um importante centro científico, religioso e cultural durante o século XII. A cidade possui a universidade mais antiga do mundo e a maior mesquita do continente africano.

Um dos locais de visita obrigatória neste destino é a Medina de Fes el-Bali, que consta da lista de Património Mundial da Humanidade da Unesco, bem como a Madrassa Bou Inania, uma escola teológica inaugurada em 1350, o mercado de Henna Souq, Fes el-Jdid, a sede da comunidade judia constituída por edifícios admiráveis, e o Museu Dar Batha com uma colecção de arte marroquina assinalável.

Vale de Dadés e as Gargantas de Toudra

O Vale de Dadés e as Gargantas de Toudra são duas atrações naturais e geológicas que vale a pena visitar em Marrocos. As vertentes rochosas de declive acentuado, os vales, os rios e os oásis de palmeiras são alguns dos destaques desta região.

Essaouira

Embarcações de pesca em Essaouira

A cidade costeira de Essaouira é um destino muito procurado ente os viajantes independentes. É uma cidade que se destaca pelas paisagens naturais, pelo património arquitectónico com construções de origem portuguesa, francesa e berbere e pelas excelentes condições para a prática de desportos náuticos como o windsurf e o kitesurf.

El Jadida

Fortaleza de El Jadida

A cidade de El Jadida, antiga possessão portuguesa de Mazagão, está situada na costa atlântica de Marrocos a cerca de 100 quilómetros de Casablanca. O principal ponto de interesse turístico é a antiga fortificação portuguesa, um excelente exemplo da arquitectura militar do Renascimento, que inclui as muralhas e baluartes, a Igreja de Nossa Senhora da Assunção de estilo manuelino, a cisterna, entre outras construções. Em 2004, a Unesco designou este complexo Património Mundial da Humanidade.

Chefchaouen

Rua de Chefchaouen

A cidade de Chefchaouen, conhecida como a cidade azul de Marrocos, está situada no coração das montanhas Rif, no nordeste do país, entre os picos Tisouka e Megou. Neste destino, destacamos a Medina com as suas casas e ruas pintadas de azul, a praça Uta El-Hammam, com diversas lojas onde pode comprar artesanato, e a mesquita Yamma el Kebir datada do século XV.

Merzouga e Dunas de Erg Chebi

Deserto próximo de Merzouga

A aldeia berbére de Merzouga, em pleno deserto do Saara, está situada apenas a 20 quilómetros da fronteira argelina. É nesta região que estão localizadas as dunas de Erg Chebi, as maiores dunas de Marrocos. Este é um local surpreendente e único, onde é possível realizar diversas atividades como excursões em camelos e passeios em veículos todo-o-terreno.

10 Rabat

Mesquita em Rabat

A capital Rabat, considerada quarta cidade imperial, foi fundada no século XII por Abd al-Mumin. Entre os locais a visitar, destacamos a torre Hassan, que corresponde a uma grande mesquita iniciada por Yacub al-Mansur e que ficou inacabada devido ao terramoto de 1755, que atingiu Portugal e se sentiu nesta cidade, a Kasbah des Oudaias, que corresponde a um antigo palácio convertido actualmente num museu de arte tradicional, e ainda o Portão de Oudaïa, o Mausoléu de Mohamed V e a Medina.

iPG //

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui