Um homem foi detido sob suspeita de ter participado na morte de um português na quinta-feira, em Londres, segundo um comunicado da polícia metropolitana local.

O detido, com cerca de 20 anos, está sob custódia policial numa esquadra no leste de Londres.

A polícia londrina foi alertada por volta das 15:15 de quinta-feira, por uma chamada que indicava que um jovem de 21 anos tinha sido esfaqueado no West Ham Lane Recreation Ground.

Outros dois jovens, com idades entre 16 e 17 anos, foram detidos anteriormente perto do local do crime, sob suspeita de estarem envolvidos no caso.

A polícia identificou a vítima como Bradley dos Reis Pais Quaresma, um cidadão português, residente no leste de Londres.

Um exame realizado na sexta-feira, na morgue de East Ham, concluiu que a causa da morte foram lesões com arma branca.

De acordo com relatos da família de Bradley, o rapaz era muito amigável e queria sempre ajudar os outros. Era “inteligente e tinha um coração grande”.

Os detetives londrinos da divisão de homicídios e crimes graves estão a investigar o caso.

O inspetor-chefe Gary Holmes, que está a conduzir a investigação, disse que “Bradley tinha toda a vida à sua frente e a sua morte foi trágica e violenta”.

“Embora tenhamos feito prisões, ainda estamos a apelar por mais informações”, disse.

“Sabemos que o parque estava cheio no momento do crime, com famílias e crianças que jogavam. Estamos ansiosos para saber quem será capaz de nos ajudar a precisar o que aconteceu antes de Bradley ser atacado”, sublinhou.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.