O FC Porto realizou este fim-de-semana uma jornada dupla do campeonato Andebol 1, em prol da sua preparação para o exigente jogo da Champions League diante do THW Kiel, no próximo dia 12.

No sábado, o Dragão Caixa recebeu um clássico do andebol português, o jogo da sexta jornada entre o FC Porto Vitalis e o ABC/UMinho. Esperava-se um jogo equilibrado e emotivo, uma vez que os Dragões tinham pela frente o invencível ABC. Embora ambas as equipas revelassem várias falhas técnicas ao longo do jogo, foi uma partida de boa qualidade e empolgante, com incerteza no marcador até aos últimos segundos.

Mário Tavares - iPressGlobal-729

Carlos Resende, treinador do ABC, apresentou uma equipa aguerrida a defender e muito rápida nas saídas para o ataque, surpreendendo um Porto desfalcado e algo apático durante a primeira parte. O ABC esteve durante 24 minutos à frente do marcador, mas quebrou nos últimos 6 minutos, permitindo à equipa da casa a recuperação, com um parcial de 8-1, fechando a primeira parte com uma confortável vantagem, 15-11, resultado injusto face ao andebol praticado pelos “Guerreiros do Minho”.

Na etapa complementar, os azuis-e-brancos optaram por gerir o resultado e o esforço físico, mas foram aos poucos permitindo que o ABC recuperasse a desvantagem, chegando mesmo ao empate (23-23) a 2 minutos do fim.

Empolgados com o forte apoio do público na recta final da partida, os Dragões fizeram mais um golo e viram ainda Hugo Rocha a rematar ao poste da baliza de Hugo Laurentino a 25 segundos do fim, garantindo a muito custo, uma vitória tangencial por 24-23.

Nos restantes jogos da sexta jornada, destaque para a vitória fácil do Benfica perante o Águas Santas, por um expressivo 33-25.

 No domingo, foi a vez do FC Porto receber e vencer o Madeira SAD, em jogo antecipado da oitava jornada.

Os dragões logo de início impuseram um ritmo forte, com grande acerto defensivo e um ataque verdadeiramente demolidor, perante um Madeira SAD organizado mas algo limitado nas opções e longe da qualidade técnica dos jogadores azuis-e-brancos. Num jogo de sentido único, foi com naturalidade que ao intervalo o Porto vencia por um claro 18-14.

Na segunda parte, o treinador Obradovic aproveitou para realizar uma rotação imprescindível por força da sobrecarga de jogos desta semana. Sempre controlador, o FC Porto ainda aumentou a diferença de golos numa segunda parte com menor intensidade, fixando o resultado final em 33-27.

Depois desta jornada dupla vitoriosa, o FC Porto isola-se no comando do Andebol 1, embora com mais um jogo do que o seu perseguidor, o Sporting CP.

Veja a galeria de fotos clicando aqui.

REPORTAGEM E FOTOS: MÁRIO TAVARES - iPressGlobal
mario.tavares@ipressglobal.com

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui