- Pub -

A partir do próximo ano letivo, os alunos que entrem no 10.º ano vão passar a ter a nota de Educação Física a contar para a média de acesso ao Ensino Superior.

A notícia está a ser anunciada por blogues ligados à Educação mas foi, esta segunda-feira, confirmada à rádio Renascença.

A partir do próximo ano letivo de 2017/18, a nota de Educação Física volta a contar para a média de acesso ao Ensino Superior.

Segundo a Renascença, a medida foi anunciada pelo secretário de Estado da Educação, João Costa, durante o o simpósio “Aprender no século XXI”.

A nota desta disciplina deixou de contar para a média no ano letivo de 2012/13 para os alunos que entrassem no 10.º ano e, em 2014/15, deixou de contar para todos os que acabaram o secundário.

Tal como escreve a estação, neste momento, a nota só é tida em conta na média dos alunos que se candidatam a cursos na área do Desporto.

No entanto, tal como esclarece o Ministério da Educação, isto só serve para os alunos que entrem para o 10.º ano. Um aluno que esteja, por exemplo, no 11º. ano, continua a concluir o secundário sem que esta nota interfira na média final.

“Depois desta ampla discussão sobre a gestão do currículo no seu todo, qualquer alteração que eventualmente se possa produzir só terá efeito – para os alunos que entrarem no décimo ano – após a publicação da legislação relevante”.

“Isto assenta num princípio de valorização de todas as áreas do currículo, mas também no desenvolvimento de uma reflexão profunda com o sector, que permita sanar as questões associadas à avaliação nesta disciplina”.

Além disso, a estação nota que as associações de professores de Educação Física estão a trabalhar com a Direção-Geral de Educação para recuperar a carga horária (retirada pelo antigo ministro do Governo PSD/CDS Nuno Crato).

Um dos países modelo que os professores dão como exemplo é a Dinamarca, nação europeia onde os alunos têm a disciplina todos os dias.

ZAP

- Pub -

Deixe o seu comentário