foto : tedconference/ Flickr

O fundador da Tesla e da SpaceX entende que o declínio da população mundial é o segundo maior perigo para humanidade, depois da Inteligência Artificial.

Elon Musk revelou que o declínio da população é, no seu entender, o segundo maior problema da nossa civilização no Twitter, respondendo a um estudo da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, que prevê que a população mundial atingirá em 2064 um máximo de 9.700 milhões e que cairá depois para 8.800 milhões em 2100.

Este é um problema sério“, escreveu na rede social.

Em tom de brincadeira, o multimilionário norte-americano disse ainda estar a “tentar dar um bom exemplo” para aumentar a taxa de natalidade, parecendo referir-se aos seus sete filhos. “Marte precisa de pessoas“, brincou.

A SpaceX, recorde-se, continua a levar a cabo o seu projeto de grande escala, a Starship, com a qual pretende colonizar o Planeta Vermelho até 2050.

Já em 2018, Elon Musk alertava para os grandes perigos que ameaçam o homem, considerando que a Inteligência Artificial “é bem mais perigosa do que as ogivas nucleares”. “Estou muito próximo da IA e devo dizer que me assusta muito. É capaz de muito mais do que quase ninguém sabe e a sua taxa de melhoria é exponencial”.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui