foto: (dr) Konica Minolta //

Se costuma ficar preocupado com a hipótese de os seus colegas de trabalho acharem que cheira mal, saiba que agora já pode confirmar isso mesmo com o seu telemóvel.

 A empresa japonesa Konica Minolta é a responsável por este produto, que promete avisar quando uma pessoa cheira mal, escreve o The Telegraph.

A ideia surgiu quando um grupo de funcionários da empresa, fabricante de impressoras e papel fotográfico, começaram a mostrar-se preocupados com o facto de serem todos demasiado educados para avisarem quando uma determinada pessoa está a cheirar mal.

Foi assim que surgiu o KunKun – “sniff sniff” em japonês – um aparelho semelhante a um gravador, que se pode ligar a um smartphone, e que avisa o utilizador caso este comece a apresentar algum tipo de mau cheiro.

Segundo o jornal britânico, o dispositivo deteta um conjunto de químicos frequentemente associados a odores desagradáveis, como é o caso da amónia e do ácido isovalérico, geralmente encontrado em ginásios e balneários.

Quando a informação é enviada para a aplicação do telemóvel, esta pode dizer à pessoa se passou ou chumbou no teste do medidor de cheiros.

“É difícil reconhecer o nosso próprio cheiro”, afirmou Daisuke Koda, um dos responsáveis da empresa, ao The Wall Street Journal. “Podemos dar algum alívio às pessoas, dizendo-lhes como estão a cheirar e libertá-las da liberdade de não o saber”.

A empresa pretende fabricar o aparelho em tamanho de bolso, de modo a detetar uma variedade de odores indesejáveis, e deverá ter um preço acessível. Está previsto que comece a ser vendido no mercado japonês ainda este verão.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui