Enaltecendo os feitos do “General sem Medo”, a Câmara Municipal de Lisboa pretende atribuir o nome de Humberto Delgado ao Aeroporto da Portela, a moção foi aprovada por todos os vereadores aguardando agora a decisão final do Governo.

Humberto Delgado presidiu à exigente tarefa de institucionalizar os Transportes Aéreos Portugueses (TAP) num contexto de total ausência deste tipo de rede de transportes no nosso país, assumindo assim uma posição preponderante e notória na sua implementação e desenvolvimento.

A Humberto Delgado se deve, conforme diz a moção “a criação das primeiras linhas aéreas de ligação ao exterior, em particular com Angola e Moçambique, a chamada ‘Linha Aérea Imperial’, inaugurada em 31 de Dezembro de 1946”, e que “contribuiu decisivamente para formar o Portugal de hoje”, sublinhando António Costa que foi “uma figura notável do país político do século XX” referindo-o também como “um vulto maior da aviação comercial portuguesa”.

O General  é recordado como um ícone de coragem e afirmação na luta contra a opressão imposta pela Ditadura, considerando assim António Costa que será um “voto de saudação em memória da figura ímpar do Marechal Humberto da Silva Delgado”, propondo “ao Governo a atribuição, ao Aeroporto da Portela, também chamado Aeroporto de Lisboa, da designação de Aeroporto Humberto Delgado”.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.