A Finlândia é já há muito reconhecida pela sua capacidade inovadora nas técnicas de ensino escolar, e agora vem mais uma vez demonstrar a continuidade dos seus progressos, desta vez a intenção será anular as disciplinas tradicionais do atual modelo de ensino.

 

A Finlândia não para de focar as suas atenções na inovação e no progresso do sistema de ensino, os finlandeses ocuparam quase sempre o primeiro lugar no ranking do Programa Internacional de Avaliação de Alunos, mundialmente conhecido como PISA (Program for International Student Assessment), onde Portugal não consegui melhor do que o 31º lugar na disciplina de matemática, num quadro composto por 65 países.

A nova introdução no modelo de ensino visa substituir o ensinamento das tradicionais disciplinas como a história, geografia, línguas, entre outros, por grandes temas e fenómenos tentando correlacionar as teorias cientificas já existentes, a fenómenos reais.

A ideia parte do princípio que em função das matérias que o aluno vai apreendendo, vai em simultâneo percebendo como funcionam as coisas na realidade, tratando-se de um modelo de ensino que da teoria se apresenta à prática.

Nos últimos dois concursos do PISA, onde os alunos são avaliados nas disciplinas de matemática, ciências, e leitura, no contexto geral a Finlândia foi apenas ultrapassada pelos países asiáticos, nomeadamente a China, que ocupa o 1º lugar em todas as avaliações.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.