Segundo um novo estudo, apesar de cada vez mais as pessoas terem acesso ao ensino superior, elas não aprendem muito nos anos académicos.

No fim do ano de calouro, por exemplo, 45% dos estudantes não mostram nenhuma melhora em sua capacidade de pensamento crítico, sua habilidade de escrita ou sua capacidade argumentativa.

Essa é apenas uma das várias descobertas dos sociólogos Richard Arum e Jospia Roksa – da Universidade de Nova York e da Virgínia, respectivamente.

Os estudantes também não apresentam melhora nos últimos dois anos de faculdade. Depois de quatro anos, 36% não tiveram nenhuma melhora académica significativa.

Segundo os autores, o problema é que os alunos procuram cursos mais fáceis e não estudam, por seu turno as faculdades valorizam mais a pesquisa do que o ensino.

Estudantes que escolhiam cursos tradicionais na área das artes ou ciências, eram os que mais apresentavam novos conhecimentos no fim do curso.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.