Os EUA lamentaram hoje o “infeliz” envio pela Federação Russa de um novo conjunto de mísseis de cruzeiro para a Síria, uma medida que “vai reforçar o regime” de Bashar al-Assad e pode prolongar o conflito no país.

“No mínimo, é uma decisão muito infeliz que vai reforçar o regime e prolongar o sofrimento. Ocorre num mau momento e é muito infeliz”, disse aos jornalistas o chefe do Estado-Maior Conjunto norte-americano, Martin Dempsey.

O diário The New York Times, que cita funcionários norte-americanos, noticia hoje que a Federação Russa enviou para a Síria um novo conjunto de mísseis, equipados com um radar mais moderno, o que os torna mais eficazes.

LUSA
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.