Foto: ZAP  //

A explosão ocorrida, este domingo, na estação de metro Varby gard, nos arredores de Estocolmo, na Suécia, matou um homem e deixou ferida uma mulher, segundo uma atualização da polícia, que já descartou origem terrorista.

 Um sexagenário ficou gravemente ferido e foi hospitalizado em estado crítico, mas acabou por morrer, anunciou a polícia da capital sueca, ao início da tarde. Uma mulher de 45 anos sofreu ferimentos mais ligeiros na cara.

À agência France Presse, o porta-voz da polícia de Estocolmo, Sven-Erik Olsson, citou testemunhas que viram a vítima mortal recolher um objeto do chão que depois explodiu.

Os diários suecos Expressen e Aftonbladet avançaram que em causa estava uma granada de mão, mas o porta-voz referiu apenas “ser cedo para o dizer”, uma vez que decorrem análises.

“Nada indica que o casal era visado por um ataque”, acrescentou Olsson, referindo que nenhum elemento indicia um ato terrorista.

 A estação de metro e a praça onde se situa estão encerrados para permitir o trabalho dos investigadores. O alerta às autoridades foi dado às 11h07 locais (10h07 em Lisboa).

// Lusa

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.