O candidato do PSD à Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Seara, comentou durante a Convenção Autárquica Nacional do PSD, a decisão do Tribunal Constitucional que determinou que a limitação dos mandatos apenas é válida no concelho onde os autarcas já cumpriram 3 mandatos, dando luz verde à sua candidatura a Lisboa.

Mário Tavares - iPressGlobal-657 Mário Tavares - iPressGlobal-663

Num discurso duro, Fernando Seara considerou-se prejudicado por toda a polémica gerada em torno da limitação dos mandatos, culpabilizando o PS pela mesma.

Fernando Seara foi mais longe, afirmando que o Partido Socialista “não olha a meios para atingir fins, que é capaz de tudo para obter a mais pequena vantagem eleitoral”.

Seara reafirmou ainda que tal como em Sintra aquando da sua primeira candidatura, vai concorrer contra o poder dos “interesses instalados”, garantido que não concorre contra ninguém, mas sim por Lisboa e pelos Lisboetas.

REPORTAGEM E FOTOS: MÁRIO TAVARES - iPressGlobal
mario.tavares@ipressglobal.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui