Uma jovem austríaca contou à revista Die ganze Woche que, quando tinha apenas 11 anos, os seus pais publicaram fotos na rede social Facebook retratando todas as fases da sua vida.

A jovem de 18 anos, cujo nome verdadeiro não foi revelado e que foi identificada pela revista como Anna Maier, apresentou um processo contra os pais por causa das cerca de 500 imagens suas que estão publicadas no Facebook através dos perfis dos seus pais.

Segundo a jovem, os seus pais, um casal residente na Caríntia, na Áustria, publicam habitualmente as mais variadas fotos dos seus filhos, desde coisas do dia-a-dia até fotos que acham “engraçadinhas”.

A jovem relatou à revista Die Ganze Woche que, quando ainda tinha 11 anos, os pais publicaram na rede social de Mark Zuckerberg fotos sua retratando todas as fases da sua vida.

Porém, a jovem só o descobriu aos 14 anos, quando fez a sua própria conta no Facebook.

Eles não tinham vergonha ou limites”, diz a jovem.

“Publicaram fotos em que eu estava sentada no penico ou nua no meu berço, todos os meus passos foram gravados fotograficamente e posteriormente tornados públicos”, conta a jovem.

Os pais negaram os pedidos da filha de remover das imagens – o que a levou a avançar com o caso para a justiça.

Eu entendo que é meu direito publicar estas fotos”, disse o pai, em entrevista à mesma revista. “Afinal, a criança é nossa e, para a minha esposa e para mim, é um álbum de família, e é bem aceite pelos nossos amigos do Facebook.”

Em novembro, o caso vai ser avaliado pela Justiça alemã.

Em França, em março deste ano, as autoridades alertaram que os pais que coloquem fotos dos seus filhos na Internet, nomeadamente em redes sociais, podem vir a cumprir pena de prisão.

Actualmente, as restritivas leis de protecção da privacidade, em França, prevêem um ano de prisão e multas até 45 mil euros para casos de divulgação de detalhes íntimos da vida privada de terceiros sem consentimento.

ZAP / Oficina da Net

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.