Natural da cidade do Porto, a jovem atleta conta já com um vasto currículo de conquistas e sucessos, fruto do seu trabalho, empenho e exigência.

Filipa Martins tem 18 anos, há 14 que o seu dia-a-dia se divide entre a escola e a ginástica artística. Se no início este foi apenas o desporto escolhido pelos pais na tentativa de controlar a sua energia, aos poucos o amor pela ginástica ganhou terreno na vida de Filipa, “a partir do momento em que comecei a entrar em competições, comecei a ganhar o gosto por competir e a querer ir mais longe”, confessou ao iPressGlobal.

Atleta do Sport Club do Porto, tem levado a ginástica artística que se pratica em Portugal a vários países, também através da seleção nacional da qual faz parte. Do seu currículo faz já parte a participação no Campeonato da Europa 2010, na Taça do Mundo 2012, na Taça do Mundo Cottbus 2013, no Campeonato da Europa 2013, na Taça do Mundo Liubliana, no Campeonato do Mundo 2013 e mais recentemente na Taça do Mundo Cottbus 2014, no Campeonato da Europa Bulgária 2014 e a Taça do Mundo Anadia 2014.

12092014-IMG_1451Para Cristina Gomes sua treinadora, ela é uma ginasta “extraordinária em capacidades motoras, possui força, flexibilidade e coordenação”, características necessárias para se chegar mais longe. Mas enganem-se os que julgam que basta talento para se ser uma boa ginasta, é preciso empenho e determinação, “Desde pequena é uma ginasta muito trabalhadora, muito determinada, com objetivos muito focados, o que faz com que seja muito fácil trabalhar com ela. Esta é uma modalidade que ocupa muito tempo e dá muito trabalho, os ginastas mais determinados e empenhados são os que vingam mais facilmente e serão os melhores”.

Aparentemente a “receita” para o seu sucesso vai além das capacidades motoras e empenho e o apoio familiar revela-se muito importante no seu percurso, “a família sempre a apoiou muito, ela começou muito cedo e precisou desse apoio e acompanhamento”, adiantou a treinadora. Recentemente Filipa brilhou na Taça do Mundo de Ginástica Artística, que decorreu em Anadia ao ganhar 3 medalhas: bronze, prata e ouro! Segundo a sua treinadora, estes resultados “são uma recompensa para ela e um grande passo na divulgação da ginástica artística portuguesa, é um reconhecimento do seu trabalho mas também é uma maior responsabilidade”.

Filipa treina muitas horas por semana, não descura os estudos, e apesar de no seu percurso ter sentido que teve de deixar algumas saídas e convívios com amigos para trás, jamais se arrependeu de seguir este caminho.

12092014-IMG_1508iPG – O que lhe trouxe de melhor a prática desta modalidade?

FM – A ginástica ajuda muito a disciplinar uma pessoa, aprendemos a cumprir regras o que ajuda muito nos outros aspetos da minha vida. Mas a grande motivação é a competição, adoro competir, sentir a adrenalina das provas e superar-me. Quando ao fim de várias tentativas conseguimos fazer elementos novos, é uma alegria. Aprendemos a lidar com a frustração tendo a certeza que damos o nosso melhor nas competições e isso é o mas importante.

iPG – Qual o momento que mais a marcou como ginasta?

FM – O primeiro momento que me marcou foi a ida a final do Campeonato da Europa, foi uma honra ser a primeira portuguesa a ir a uma competição como esta e a segunda foi quando ganhei a medalha de ouro na Taça do Mundo em Anadia.

iPG – Que ambições tem para o seu futuro como atleta?

FM – Neste momento estou a preparar-me para o Campeonato do Mundo, em outubro na China, mas o meu grande sonho e objetivo, a curto prazo, é ir aos Jogos Olímpicos.

Com objetivos traçados, Filipa Martins integra o Programa de Preparação Olímpica Rio 2016 e ambiciona pela sua participação nestes jogos. As expetativas sobre o seu desempenho surgem da excelente prestação que tem vindo a desempenhar. Sem se deslumbrar por objetivos a longo prazo, Cristina Gomes falou-nos das etapas que se seguem, ”este ano temos o campeonato do mundo em que o objetivo é que a Filipa chegue a final dos 4 aparelhos, sendo que é para essa prova que se está a preparar e no próximo ano a meta é chegar aos jogos olímpicos”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto: Mara Pereira / iPressGlobal
Fotos: Mário Tavares / iPressGlobal
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.