A Federação Nacional da Educação (FNE) considerou “extremamente positivo” o primeiro dia de greve, apontando para uma adesão de 99% dos professores, que poderá ter afetado a avaliação dos alunos de cerca de 500 turmas.

Em declarações à agência Lusa, o secretário-geral da FNE, João Dias da Silva, estimou que “entre 98% e 99% dos conselhos de turma que estavam marcados para hoje não se realizaram”.

O sindicalista sublinhou não ter números concretos, mas disse acreditar que poderão ter sido adiadas as avaliações dos alunos de 400 a 500 turmas.

“Hoje, já havia um número muito significativo de conselhos de turma marcados em todo o país e as notícias que nos chegam é que eles não se concretizaram”, afirmou.

LUSA
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.