A chanceler alemã, Angela Merkel, é a mulher mais poderosa do mundo pelo terceiro ano consecutivo, seguida da presidente do Brasil, Dilma Rousseff, de acordo com a lista elaborado pela revista norte-americana Forbes

Ainda no “pódio” figura Melinda Gates, presidente da Fundação Bill e Melinda Gates, seguida pela primeira dama dos Estados Unidos da América, Michelle Obama, e pela antiga secretária de Estado norte-americana Hillary Clinton.

De acordo com a revista norte-americana, esta lista publicada anualmente inclui as mais poderosas figuras do mundo feminino na política, economia, cultura, artes e desporto, elencando-as por “dinheiro, presença nos meios de comunicação social e impacto”, sendo que a chanceler alemã ganhou o título em oito dos dez anos, noticia a agência France Presse.

As 24 líderes empresariais que estão nesta lista centenária ‘valem’ quase 900 mil milhões de dólares (696,2 mil milhões de euros) em lucros das suas empresas em 2012, enquanto que as oito chefes de Estado lideram países com um PIB de quase 10 biliões de dólares (7,7 biliões de euros), segundo a revista.

A lista completa pode ser consultada em www.forbes.com/power-women.

No ano passado, a lista era liderada por Merkel, seguida da então secretária de Estado Hillary Clinton e da presidente do Brasil, Dilma Rousseff.

LUSA
COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Por favor escreva o seu comentário!
Por favor introduza o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.